MARCAS de uma quarentena (sem data ainda para terminar) | Coluna Talita Cavalcante


Foram meses sem sair de casa para muitos de nós e continua contando para outros. Eu e as crianças ficávamos como galinha e pintinhos procurando o sol dentro de casa. O ☀️ sol! 

Tão importante para nossa vida, nossa saúde, nosso humor. Esse sol da manhã me faz parar, mesmo agora que já saio de casa para caminhar ou pedalar com a família. Mas virou ritual. 

Virou uma MARCA de uma quarentena que não respeitou o tempo que lhe dá nome e que ainda nos amedronta. Encosto-me na bancada e sinto o sol, como o sol que salva, como o sol que esteve com a gente, mesmo quando a gente não esteve com quem quisemos estar. 🤍

You Might Also Like

0 comentários